TRATAMENTO DO 
AUMENTO DOS CORNETOS

(Correção da Hipertrofia das Conchas Nasais)

Clínica Plenna Cirurgia Plástica - Florianópolis



Cornetos

 No interior das paredes laterais das cavidades nasais existem os cornetos. Existem 3 cornetos em cada cavidade nasal, classificados em corneto superior, corneto médio, corneto inferior. 

Uma das funções dos cornetos é a de dificultar a passagem do ar para o restante das vias aéreas. Esta dificuldade causa uma mudança do fluxo do ar de laminar para um fluxo chamado turbilhonar. Este fluxo faz com que o ar choque-se mais vezes com as paredes da cavidade nasal e com os cornetos. Isto leva o ar a ter maior contato com a umidade das mucosas e também a esquentar-se pelo contato dos cornetos. Os cornetos tem uma temperatura aumentada por serem bastante vascularizados.

Esta função do corneto transforma o ar externo, frio e seco, em um ar que irá para os pulmões, quente e úmido. E este ar quente e úmido é essencial para que tenhamos uma adequada respiração.

Algumas pessoas possuem um aumento exagerado dos cornetos, levando a uma obstrução nasal. Quando há alguma obstrução nasal devido ao aumento dos cornetos, geralmente o corneto inferior é o que exerce maior importância nesta obstrução.


TRATAMENTOS

Tratamento Clínico: 

É muito comum pessoas que apresentam uma hipertrofia de cornetos, terem associados uma rinite alergica, aumentando ainda mais a obstrução nasal. Nestes pacientes, muitas vezes somente o tratamento medicamentoso é suficiente para levar a uma diminuição dos cornetos, melhorando os sintomas de obstrução e da rinite. As medicações empregadas podem ser sistêmicas (por via oral) ou locais (intranasais).

Tratamento Cirúrgico:
Cauterização dos Cornetos: Utiliza-se esta técnica para os casos em que há uma hipertrofia leve a moderada. Com uma agulha introduzida na porção que esta aumentada dos cornetos, liga-se um bisturi elétrico, causando a sua cauterização. Este procedimento é feito em centro cirúrgico, geralmente associado a uma rinoplastia estética ou a uma rinosseptoplastia.

Ressecção Parcial dos Cornetos: Retira-se parcialmente  a parte que esta aumentada nos cornetos, desobstruindo a passagem do ar. Usada para casos de hipertrofia moderadas a grave. Também, muito realizada juntamente com a rinoplastia estética ou rinosseptoplastia.

Tratamento do Desvio de Septo Nasal:  Geralmente o desvio septal leva a uma hipertrofia dos cornetos. Com a correção do desvio, a tendência dos cornetos é voltarem ao tamanho adequado. Esta regreção ocorre de maneira natural (fisiológica). Casos em que há uma hipertrofia muito grave ou há calcificação deste corneto hipertrófico, esta regreção não ocorrerá de maneira adequada, sendo necessárioa a ressecção parcial dos cornetos.


Geralmente associa-se na mesma cirurgia, o tratamento do desvio de septo com o tratamento dos cornetos.

 É importante um adequado exame nasal para a correta indicação da técnica a ser empregada.

 

PLENNA Cirurgia Plástica - Responsável Técnico: Dr. Eduardo Arnaut - CRM/SC 8587 - Fone: (48) 3024 1521 - R. Menino Deus, 63. Sala 405, Baía Sul Medical Center - Florianópolis - Santa Catarina


  Site Map